Dicas de design para lojas de bijuterias

De acordo com as estimativas do Sindicato do Comércio Varejista de Jóias, Bijuterias, Gemas, Pedras Semipreciosas, Presentes, Adornos e Relógios de São Paulo (SINDICOM/SP), atualmente, o mercado de bijuterias e foleados movimenta cerca de 230 milhões de reais todos os anos.

As peças ganharam espaço no mundo da moda e são alvo de projetos de design excepcionais. Esse mesmo mercado se caracteriza por uma forte concorrência, pois, além de lojas com peças de fabricação exclusiva e franquias, existem também vendedores informais. 

blog viés design
Imagem: fonte
O que fazer para que sua loja consiga se destacar em meio a este mercado tão concorrido? Confira abaixo as dicas de design da Viés para o sucesso do ponto de vendas!



O ideal é que lojas de bijuterias sejam instaladas em locais de grande movimentação de pessoas. Mas atenção: É muito importante saber para qual público o seu produto está destinado (classe social, faixa etária, gênero, costumes, etc.), para situar o ponto de venda em regiões de maior concentração deste tipo de consumidor.

blog viés design
 Imagem: fonte


Como em todo tipo de segmento de varejo, as vitrines de bijuterias devem ser atrativas e criativas, para captar o olhar do consumidor e atraí-lo para o interior da  loja. Experimente colocar produtos de design diferenciado, lançamentos ou promoções sazonais em destaque. Evite expor vários produtos, de forma amontoada e confusa. Explorar ambientações diferenciadas em datas comemorativas como Dia das Mães, Dia dos Namorados e Natal também podem ser um grande diferencial competitivo. 

blog viés design
As vitrines devem expor os produtos e convidar o consumidor a entrar no ponto de vendas. Imagens: fonte¹, fonte²
blog viés design
Inove nos expositores e dê destaque a eles. Imagens: fonte¹, fonte², fonte³


Dividir o espaço em setores é muito importante em lojas de bijuterias, pois uma setorização correta pode facilitar a identificação dos produtos, promover a circulação na loja e otimizar a experiência de compra, consequentemente aumentando as vendas. É importante deixar à primeira vista do consumidor as peças de maior importância, tamanho e valor, como colares, gargantilhas, coleiras, entre outros. Peças menores ou de maior procura, como brincos ou anéis, podem ser posicionados mais ao fundo da loja, fazendo com que o consumidor caminhe por todo espaço e visualize outros produtos antes de encontrar os produtos de destino.

blog viés design
A Morana dividiu seus produtos em famílias: colares e brincos se encontram em locais separados. Imagem: fonte
blog viés design
Procure facilitar a busca do consumidor com uma setorização adequada - Imagem: fonte


Uma loja de bijuterias deve possuir, em seu mínimo: vitrines, expositores, móveis com gavetas para exposição, ganchos para exposição, espelhos e um balcão de vendas. Todos esses elementos, entre outros, devem ser dispostos no espaço visando a valorização dos produtos e as necessidades dos clientes quanto ao conforto e segurança.

blog viés design
Peças expostas corretamente e espelhos para os clientes se olharem são itens indispensáveis. Imagem: fonte


Utilizar expositores adequados valoriza os produtos expostos! Colares e gargantilhas podem ser expostos em bustos de manequim, para que os clientes vejam de antemão como é o caimento da peça. Brincos geralmente são expostos em pares e necessitam de suporte para exposição. Anéis podem ser expostos em expositores que simulam a  mão humana e em expositores de encaixe almofadado, para que as peças não se percam e não se danifiquem. Há diversos tipos de display no mercado, direcionados para cada tipo de mercadoria, mas nada impede que seja desenvolvido expositores exclusivos para cada produto ou marca.

blog viés design
Criatividade na hora de expor os produtos é essencial. Imagens: fonte¹, fonte², fonte³
blog viés design
Anéis e outros pequenos acessórios podem utilizar expositores que simulam a mão humana. Imagem: fonte


As peças de bijuteria e foleados geralmente são pequenas e ricas em detalhes. Por isso é muito importante que a iluminação seja uma ferramenta de destaque, promovendo a valorização dessas peças. A iluminação direta é a melhor opção para esses tipos de produtos, uma vez que ela é direcionada especialmente para um ponto. Não se esqueça que toda a loja deve estar bem iluminada, gerando um ambiente agradável, incentivando o cliente a permanecer na loja.

blog viés design
Esta loja da franquia Barbara Strauss acertou tanto na iluminação ambiente quanto no destaque às peças. Imagens: fonte¹, fonte².
Gostou das dicas? Precisa de ajuda para planejar sua loja de bijuterias e foleados? Entre em contato conosco pelo e-mail vies@viesdesign.com.br.

E acompanhe a Viés Design no Facebook e no Instagram e fique sempre por dentro de novidades!

0 comentários:

Copyright © 2014 Viés Design and edited by De duas,uma.