Tipos de iluminação para lojas

Muita luz é como muita sombra: não deixa ver”! Essa frase, escrita pelo antropólogo Carlos Castaneda, demonstra a importância da luz e como seu uso e aplicação devem ser planejados com atenção. Afinal, ambientes com pouca luz são, em sua maioria, tão desconfortáveis quando ambientes iluminados em excesso. 

iluminação design de ambientes
Vitrine com LED colorido formando formas geométricas! Image: Fonte
Vale lembrar que quando se trata do planejamento da iluminação em ambientes comerciais e pontos de venda, o assunto ganha ainda mais importância, já que a luz se torna uma ferramenta estratégica com grande potencial! E quando usada corretamente, pode ser considerada um fator de diferenciação frente à concorrência por destacar o ponto de venda e criar uma relação harmoniosa com os produtos.  

Ao planejar a iluminação, é fundamental: despertar a atenção dos consumidores, criar uma atmosfera agradável e transparecer a identidade da loja. Para isso, é necessário conhecer os tipos de lâmpadas, as possíveis maneiras de iluminar um ambiente e também quais efeitos de cores estas projetam nas mercadorias! E a Viés te conta tudo isso agora: 

TIPOS DE ILUMINAÇÃO:

A iluminação pode ser classificada de acordo com a forma como é inserida no ambiente:



    •  GERAL – Iluminação distribuída de forma regular que ilumina o ambiente em toda a sua extensão;
    •  DIRETA – Iluminação direcionada para um determinado produto ou ponto. Quanto mais afastado estiver o objeto do ponto de luz, maior será a extensão iluminada, mas sua potência diminuirá proporcionalmente.
    •  INDIRETA - O foco de luz é direcionado para outra superfície e esse reflete a luz para o ambiente.

Tipos de iluminação: Iluminação geral, direta e indireta, da esquerda para a direita respectivamente.
Sugerimos que, no interior de uma loja, haja uma iluminação geral funcional, mas com toques da iluminação direta, para assim, criar pontos de foco e efeitos que valorizam e destacam partes do ambiente. 

TIPOS DE FONTES DE LUZ

Há uma infinidade de lâmpadas disponíveis no mercado atualmente. As principais e mais utilizadas são:


    • REFLETORAS – Incandescentes, encontradas em tamanhos grandes e pequenos, quando a lateral é espelhada o facho é dirigido e quando a cabeça é espelhada o facho é aberto. Usando-se neste caso, spots largos para que a luz seja refletida. 

    •  HALÓGENAS INCANDESCENTES – encontradas em diversos modelos, seu facho pode ser dirigido (par) ou aberto (lapiseira). São as únicas que reproduzem fielmente a luz do dia, não alterando as cores dos produtos. Embora sejam mais caras, duram muito mais tempo e são bem mais econômicas. Se forem tocadas e logo acesas, explodem por causa da umidade das mãos.

    •  DICRÓICAS – são as combinações de uma lâmpada pequena com refletor, é justamente ela que faz com que sua luz seja branca e o calor seja jogado para trás, mas são como as halógenas.


    •  FLUORESCENTES - Frias – São encontradas em diversos modelos e sua luz é difusa.

    •  LED – São de longa durabilidade e apresentam alta eficiência luminosa. Existem em uma grande variedade de cores e dissipam uma pequena quantidade de calor. Geralmente demandam pouca manutenção, possibilitando a instalação em locais de difícil acesso. 

    •  FIBRA ÓTICA – Ótima opção para áreas que demandam flexibilidade, por ser feita de material maleável. Além de serem de baixo custo, pequeno tamanho e peso. 

TEMPERATURA DE CORES: 

A iluminação interfere nas cores do ambiente e dos produtos! Quando bem planejada e posicionada é capaz de exaltar as cores e chamar atenção na medida certa para as mercadorias.

    •  QUENTES (Amarelas) - Produzidas por lâmpadas incandescentes e fluorescente com temperatura de cor até 3.500k.  Em geral, relaxam e acalmam, proporcionando conforto visual.

       •  FRIAS (Brancas) - Produzidas por lâmpadas fluorescentes com temperatura de cor acima de 4.200k e LED. Em geral, despertam e excitam.

temperatura de cor em lojas de roupas
Loja da Farm – Temperatura de cor Quente – e Loja da Havaianas – Temperatura de cor Fria 
Confira a tabela abaixo e veja os efeitos associados a cada temperatura de cor:


 Alguns aspectos são fundamentais na hora de planejar um sistema de iluminação para que ele seja eficaz e alcance o resultado desejado. Um deles é o conforto visual! Por esse motivo, é sempre bom lembrar que o excesso de luz pode ofuscar a visão dos consumidores, prejudicando a visualização dos produtos expostos na vitrine. E a falta de luz, por sua vez, pode fazer com que o consumidor sequer note o ponto de venda e produtos expostos. 

O ideal é procurar atingir o equilíbrio, criando uma iluminação que permita evidenciar o produto sem, no entanto, incomodar as pessoas. Para isso, a melhor opção é sempre contratar profissionais especializados, que tenham conhecimentos sobre Luminotécnica - que é o estudo da aplicação de iluminação artificial tanto em espaços interiores como exteriores. 

Precisa de ajuda para iluminar seu ponto de venda? Entre em contato conosco: vies@viesdesign.com.br E não deixe de nos acompanhar no Facebook e no Instagram para sempre ficar por dentro das novidades! 

0 comentários:

Copyright © 2014 Viés Design and edited by De duas,uma.