A importância da setorização e das zonas estratégicas para um ponto de venda

Ao planejar uma loja, seja uma nova instalação ou a modernização de um ponto de venda existente, é preciso se atentar às questões estéticas e funcionais do ambiente! Um dos primeiros passos para se criar um espaço funcional e atrair a atenção dos consumidores é planejar a setorização.

A setorização acontece quando o espaço do ponto de venda é divido em setores ou partes, existe para facilitar a identificação dos produtos, a circulação, otimizar a experiência de compra e, consequentemente, aumentar as vendas. Essa divisão nem sempre é feita de forma física ou estrutural.

A setorização pode acontecer de inúmeras formas, no entanto, hoje vamos apresentar os conceitos básicos de um modelo de layout padrão que pode ser aplicado em diversos espaços, pois não leva em consideração o produto em si, e sim o comportamento do consumidor e como este reage ao espaço físico da loja. Confira: 

setorização loja zonas estratégicas

Primeiro Setor – Zona Platina: Vitrines e promoções
Função: Atrair o cliente | Característica: Espaço de maior força de exposição. 

É neste setor em que acontece o contato inicial do cliente com a loja. Ele funciona como um cartão de visitas e, por esse motivo, é nesta área que ficam as vitrines da loja e as promoções para atrair os consumidores! Ele é o setor principal e mais importante da área de vendas.

Vitrine da marca TNG
Zona Platina - Vitrine da TNG apresentando peças em destaque e promoções! Foto: Viés
Para lojas de rua e de perfil popular, é interessante utilizar essa parte da loja como uma extensão da calçada, para que o cliente “entre sem perceber”. Já para lojas mais recuadas da rua, como as que possuem estacionamento, deve-se ter cuidado com as mercadorias expostas, uma vez que os clientes podem entrar na loja sem perceber esses produtos.

Segundo setor – Zona Ouro: Lançamentos e produtos de compra por impulso
Função: Captar o cliente para o interior da loja | Característica: Espaço nobre, tem que ser trabalhado e ser convidativo ao cliente, fazendo-o circular para o interior da loja. 

Ao passar pela vitrine, o cliente estará no segundo setor do ponto de venda, a Zona Ouro: local onde ficam os lançamentos e produtos que, possivelmente, induzirão a compra por impulso. Apesar de estar dentro da loja, nesta parte o cliente ainda não “percebeu” a loja de forma completa.

Interior da loja TNG
Zona Ouro: peças em promoção para estimular a compra por impulso e lançamentos da TNG! Foto: Viés
Interior da Loja TNG
Interior da loja TNG do Pátio Savassi. Foto: Viés Design
Terceiro Setor – Zona Prata: Produtos de destino e conteúdo da loja
Função: Manter o cliente na loja | Característica: Apesenta os principais produtos e serviços.

É na Zona Prata em que devem estar os principais produtos comercializados pela loja, aqueles pelo quais o cliente leva um tempo maior para análise e escolha. Nesse setor ficam também os principais serviços que a loja oferece, o atendimento acontece de forma mais calma e o tempo de permanência é maior do que nos outros setores. 


Roupas e acessórios da marca TNG loja
Zona Bronze da TNG - É possível conferir diferentes peças de vestuário feminino e masculino! Foto: Viés
Quarto Setor – Zona Bronze: Produtos de maior valor, caixa e provadores
Função: Agregar valor e concluir a compra | Característica: Área estratégica, de menor captação de clientes e propícia à venda de produtos com maior valor. 

No último setor, a Zona Bronze do ponto de venda, devem estar os produtos de maior valor, acessórios e os provadores. Pela proximidade dos provadores e caixas, produtos expostos nessa área atraem a atenção dos clientes estimulando  uma nova aquisição. Por se localizar ao fundo do ponto de venda, torna-se a zona de maior segurança quanto a furtos.

Caixa loja TNG Pátio Savassi
Zona Bronze da loja TNG. Local onde estão os provadores, peças masculinas e o caixa. foto: Viés
acessórios masculinos e femininos da marca TNG
Acessórios femininos, vestuário e acessórios masculinos em destaque na zona Bronze da TNG! Foto: Viés
Nada melhor do que, ao entrar em uma loja, encontrar tudo o que se deseja e precisa, e ainda se surpreender com novidades, não é mesmo? Para garantir que os clientes não tenham dificuldades para identificar os produtos e os setores, é preciso se atentar para a setorização do ponto de venda.  Afinal, a setorização traz benefícios para quem vende e para quem compra!

Alguma dúvida ou sugestão? Escreva pra gente: vies@viesdesign.com.br

0 comentários:

Copyright © 2014 Viés Design and edited by De duas,uma.